quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

'Você está saindo da minha vida...'

Você nunca entendeu meu jeito de te amar. O jeito como eu largava tudo só para te encontrar, o jeito como eu te olhava... Nunca entendeu por que eu amava tanto o seu sorriso, os seus olhos, o seu jeito de levar as mãos até o queixo... Nunca entendeu. Eu te amei mesmo quando não tinha motivos pra isso. Mesmo quando você fazia ou falava algo que me magoava... E quando você me esnobou, achando que eu era pouco demais para você, ainda assim eu te amei. Te amei quando os outros só viam defeitos em você. Amei até alguns dos seus defeitos. Eu te amei quando você esqueceu de responder mensagens. E amei ainda mais quando você mandou. Eu te amei quando estávamos perto... E quando estávamos longe também.
Eu te amei quando você ficou distante. E amei mais cada vez que você abria um sorriso para mim. Eu te amei enquanto a gente brigava. E amei mais quando você me abraçava.
Eu te amei quando você me fez rir com suas histórias bobas. Eu te amei quando você compartilhou suas histórias de vida comigo. E amei mais poder fazer parte de algumas novas histórias. Eu te amei quando você me fez chorar... E amei mais quando você me convidou pra ir ao cinema... (foi um convite tão esperado). Eu te amei quando você não me convidou. Eu te amei nas festas (mesmo quando você não estava). Eu te amei no Natal... E te amei no Ano Novo que a gente passou separado (e esse ano foi o primeiro ano desde que te conheci que não te liguei meia noite para desejar um feliz Ano novo e para desejar que a gente passasse o novo ano todo bem próximos...) Eu te amei nos almoços em família... Eu te amei quando ficamos até tarde na rua. E te amei toda vez que saí sem você por que você estava ocupado demais para mim. Eu te amei quando você simplesmente me ignorou. Eu te amei quando não saí de casa só para ficar na internet conversando com você. E amei as vezes que você pediu que eu ficasse mais um pouco. Amei quando você não me deixou dormir. E te amei mesmo quando você parou de falar comigo. Eu te amei quando passei dias esperando que você falasse comigo de novo (como antes)... E amei mais quando você voltou pedindo desculpas por ter se afastado. Eu te amei quando você não me deu esperanças. E te amei quando você me deu falsas esperanças. E amei mesmo quando você disse para não ter esperanças. Eu te amei quando cometemos loucuras... Eu te amei quando todos disseram que você não me merecia. Eu te amei quando você me disse que não me amava... Eu te amei mesmo sabendo que nada nunca mudaria... mesmo sabendo que te amar era perda de tempo. Eu te amei mesmo quando você foi frio e grosso. E te amei mais quando no almoço na sua casa (com seus pais presentes) você ia colocar o macarrão no prato que estava de cabeça para baixo... (sei que foi de nervoso. ^^). Eu te amei quando você disse que sempre que ouvia as músicas que estavam tocando no carro (na nossa primeira ida ao cinema), lembrava de mim. Eu te amei quando você se ofereceu para repetir... Eu te amei quando você disse que ia me ver na universidade e não apareceu. E amei mais quando apareceu. Eu te amei quando você não me desejou parabéns... E amei mais quando desejou (mesmo que atrasado). Eu te amei mesmo quando você tentou matar o meu amor. Eu te amei quando acabei aparecendo no meio da sua aula de surpresa e você me recebeu feliz. Eu te amei enquanto esperávamos a chuva passar na universidade... Eu te amei quando você passou por mim e não falou... E amei mais quando falou. Eu te amei quando você estava com pressa demais e logo queria ir embora... E amei mais quando você não queria ir embora. Eu te amei quando você se sentia só e triste... E te amei quando estava feliz e rodeado de amigos. Eu te amei quando te fiz tirar foto sorrindo... E te amei quando colocou o braço em volta de mim. Eu te amei mesmo quando você quis me ver e eu disse 'não'. Eu disse que não porque sei que você não queria me ver. Só se ofereceu porque sabia que eu estava magoada e triste com as coisas que você andou falando... E você queria que as coisas acabassem bem (sem mágoas) para depois repetir tudo e voltar a ignorar a minha existência. Eu também queria que acabasse bem... Não fui porque sei que eu ia desculpar, e ia ter beijo e eu ia querer repetir... querer mais e mais... E essa história já não é bonita... É dolorida. E, ou eu pulo fora agora ou continuo arrastando uma situação sem futuro. Não posso mais deixar de viver o presente (esperando por um futuro que não existe) pq ainda estou presa ao passado... É hora de recomeçar. Eu te amei apesar de tudo.
(Baseado em um texto que li...)

"Sinto falta de algo
Sinto falta de alguém
Sinto falta de você..."
Mas o você que eu sinto falta,
não existe mais.
(Talvez nunca tenha existido)



"Fico só querendo te dizer de como eu te esperava quando a gente marcava qualquer coisa, de como eu olhava o relógio e andava de lá pra cá sem pensar definidamente em nada, mas não, não é isso, eu ainda queria chegar mais perto daquilo que está lá no centro e que um dia destes eu descobri existindo, porque eu nem supunha que existisse, acho que foi o fato de você partir que me fez descobrir tantas coisas..."
(Caio Fernando Abreu)

8 comentários:

  1. Já reparou a nossa facilidade em conjugar o verbo sempre no passado? Uma forma de ordenar o coração.

    Mas a gente sabe que é amor quando ama nos almoços de família...

    Beijos, amiga.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, uma palavra resume esse texto: INTENSIDADE!

    ResponderExcluir
  3. ótimo Kamy, me senti revivendo seu Ap.

    ResponderExcluir
  4. Amei o blog, esse texto me fez chorar,me fez lembrar de muitas coisas...

    ResponderExcluir
  5. Quantas frases doloridas e reais. Quanto sentimento em comum!
    E no fim de tudo, a tal da saudade, que sempre nos ronda.

    ResponderExcluir
  6. Essa e minha historia esse texto fala tudo

    ResponderExcluir
  7. Eu me sinto como a Tatiana Cristina,é como se eu tivesse escrito..é o que sinto penso e vivo..incrivél.
    Texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
  8. Era uma vez.......Vc conhece a pessoa gosta dela dpois ela te abandona e acabo U.U kks Bjjin

    ResponderExcluir